segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Mamães unidas e saudáveis "na medida certa"


Já contei aqui um pouco sobre a minha história a respeito das dietas que sempre começo e nunca termino. Como quase toda mulher, nunca fui gorda, mas sempre me senti assim. Só agora, com muita consciência, posso dizer que estou acima do peso. Já fiz quase todos os tipos de dietas, mas nenhuma delas me fez atingir o “peso ideal”. Quando emagreço um pouco, relaxo com a dieta e quando percebo já estou na estaca zero novamente. É o famoso “efeito sanfona”... Preciso me livrar dele!
Emagrecer não tem mistério. O difícil é manter-se magro. O peso ideal depende de uma série de fatores, como alimentação saudável e exercícios físicos. Não é fácil controlar a gula e privar-se de alimentos saborosos. A vida social também prejudica bastante. Sair de casa e encontrar os amigos ou a família à base de salada, frango grelhado, legumes ao vapor e frutas da estação é algo que requer muito sacrifício...
Tenho a convicção de que a maternidade não faz a mulher engordar. O problema é a soma de vários fatores: cansaço, falta de tempo para fazer exercícios físicos e para se alimentar adequadamente, além da idade que faz desacelerar o metabolismo. Mãe come o que sobrou na hora que dá. Come comida fria em pé. Mãe deixa até de comer as frutas para deixá-las para o filho. Mas acredito que, com muita força de vontade, as mães podem sim manter um peso ideal. Ter uma vida saudável é importante para todos. Aliás, mães precisam de muita energia e saúde para cuidar dos filhos!
Assim que comecei o blog, coincidentemente o Fantástico deu início ao quadro “Medida Certa” (juro que escolhi o nome do meu blog antes), em que os jornalistas Renata Ceribelli e Zeca Camargo fizeram um acompanhamento de três meses, com mudanças de hábitos alimentares e rotina de exercícios físicos. O Brasil todo acompanhou os ótimos resultados. A Renata Ceribelli é mãe de dois filhos, tem 47 anos, vive na correria e iniciou o desafio com 80 quilos. Se ela conseguiu, nós também conseguimos!
Por isso, aderi à campanha do Recanto das Mamães Blogueiras. Comecei a dieta do Vigilantes do Peso, cuja proposta é muito interessante. É um programa de reeducação alimentar em que nenhum alimento é proibido. Mas para a somatória dos pontos diários utilizados no cálculo da dieta é preciso fazer escolhas inteligentes. O programa também disponibiliza pontos extras semanais para a pessoa conseguir administrar os “excessos”. Acredito que boa parte do sucesso desse programa se deve à motivação do grupo, já que as pessoas se reúnem semanalmente para compartilhar dicas e definir estratégias para manter a dieta. Quem participa das palestras emagrece até três vezes mais. É a força do grupo!
Minha meta era emagrecer 6 quilos, mas a orientadora colocou na minha ficha 9 quilos porque acredita que sou capaz. Na primeira semana ficaram para trás 1,5 kg! Vou colocar os meus resultados semanais para incentivar a campanha das mamães mais magrinhas para o verão! Alguém quer me acompanhar?! Quem já está no peso ideal pode intensificar a rotina de exercícios.

9 comentários:

Funny Paper disse...

Parabéns Telma!! Eu realmente parabenizo quem tem força de vontade para emagrecer e, como vc disse, manter o peso! Eu sempre fui gordinha e no momento estou muito gordinha!!! Faz tempo que tenho planejado perder peso e fazer exercícios... quem sabe agora me empolgo com vcs!!

Bjs

Sil

Celi disse...

Adorei Telma. Certíssima! Não podemos perder as esperanças. Temos que correr atrás. Mas falou tudo, a correria, a falta de tempo, o stress, a ansiedade.... Ah, junta tanta coisa. Precisamos aprender a não descontar na comida. Precisamos aprender a descontar na corrida...rs
Beijos

Natália a mãe disse...

Ai amiga, como eu quero!
Parabéns pela iniciativa!
Estamos juntas!
Beijão

Futura Mamãe Tati disse...

Oi Telma!! Que legal!! Eu estou querendo perder uns 2 kg antes de engravidar! Adorei o post! Beijos e boa sorte!!

yahhh disse...

Parabéns pela iniciativa. Realmente com a vida corrida, com os filhos, acabamos abrindo mão de nós mesmas e quando vemos, já é tarde. Lógico que isso não é desculpa, mas acaba que dificulta um pouco as coisas sim. Mas com força de vontade vamos aonde queremos.
Eu estou mais magra do que antes de ganhar a Alice e fico feliz porque sou neurótica com peso. Sempre fui. Sei que terei que me policiar mais pra frente para não passar minhas neuroses para ela. Porém mesmo mais magra estou comendo muito mal, e com a cesárea recente ainda não posso entrar na academia, mas não vejo a hora.
Vou começar a prestar mais atenção em minha alimentação, que está um caco, realmente. Beijoos.

Laura D. disse...

Adorei! Coloca mesmo os resultados, quem sabe eu não animo de fazer dieta além da segunda-feira?!!! O novo layout ficou liiiindo! Beijo!

Angi disse...

Parabéns,amiga!
parabénsssss!
estou super orgulhosa, e motivada a fazer algo!!
força de vontade é tudo, e isso eu tenho!!
então começarei, reeducação e exercícios!!
obrigada, com certeza teu depoimento, junto essa blogosfera toda querendo ficar magrinha, eu também quero, ser mais saudável mesmo!
beijocas
Angi

Laiz disse...

Ai que legal Telma!! Adorei! é verdade mesmo... a gente fica um tanto sem tempo de fazer exercícios e acabamos deixando nossa alimentação em segundo plano... e tem a preguicinha normal de quem já tem tanta coisa pra fazer né!!! Muito legal sua iniciativa, vou acompanhar e quem sabe me empolgo para perder uns quilinhos! Bjoooooooooooooooooooooo

A Julia disse...

Se encontrares algum programa do tipo "mamães mais gordinhas pro verão", me avise, que estou precisando ganhar uns quilinhos!